La Moda

News

11 de dezembro de 2017

Projeto Capacitar fortalece e profissionaliza empresas de confecção

Foi encerrado nesta segunda-feira, 11, o Projeto Capacitar, desenvolvido pelo Sebrae, em parceria com a La Moda, que buscou explorar as oportunidades de aumento de produtividade e profissionalização da gestão com os prestadores de serviço da indústria, fortalecendo ainda mais a cadeia de valor. Foram escolhidas 15 facções fornecedoras da empresa, que representam 40% da capacidade produtiva de malha e todos os fabricantes de mostruários e peças de jeans das marcas Lança Perfume e MyFavoriteThing(s).

Através da construção de um modelo de negócios, as empresas participantes puderam elaborar um plano de ação baseado em suas principais necessidades, como aprimoramento do sistema gerencial e desenvolvimento de gestão de pessoas. Foram realizadas mais de mil horas de consultoria em gestão de planejamento estratégico, produção, financeira e de capacitação em gestão de pessoas. Entre os resultados obtidos estão o aumento produtivo de aproximadamente 13% na capacidade produtiva, melhorias dos níveis de qualidade, entre outros fatores.

A La Moda foi a primeira empresa de marca própria a participar de um projeto de encadeamento produtivo do Sebrae e para o Gerente de Compras e Operações Externas da La Moda, Cristiano Coral Ghislandi, isso é motivo de orgulho para a empresa. “Nunca havíamos feito algo nesse sentido, de reunir os prestadores para discutir gestão e planejamento, etc. O objetivo principal foi fazer com que todos melhorem e cresçam juntos, a La Moda e seus prestadores, em uma relação ganha-ganha”, explica o gerente. Segundo Ghislandi, a atitude de saída da área de conforto e o comprometimento de todos os envolvidos foram alguns dos fatores essenciais para os resultados obtidos. “Para nós é um primeiro passo dado, uma quebra de paradigma. O desafio daqui pra frente é a manutenção do que foi feito até então e a evolução disso no futuro”, ressalta.

A gestora de projetos do Sebrae Sul, Juliana Ghizzo, aponta que o engajamento e comprometimento da cadeia foi o grande diferencial do projeto, além da confiança das facções na parceria que tem com a La Moda. “As empresas sabiam que teriam um resultado positivo, mas principalmente por saberem que a La Moda está ao lado deles e terem muito respeito e consideração por esta relação”, relata. De acordo com a gestora, o curto espaço de tempo também foi um desafio, já que projetos como este são realizados em dois ou três anos. “A cadeira engajada e comprometida ajudou muito no processo, além do envolvimento da La Moda, sempre observando, participando e avaliando os processos”. Segundo Juliana, o projeto foi também muito importante para o Sebrae, pela aproximação com as 15 micro e pequenas empresas. “Foi uma experiência muito enriquecedora e estamos felizes com essa parceria. A La Moda é uma empresa muito conceituada na região e no país”, finaliza.

O impacto positivo mencionado por todas as empresas no evento de encerramento do Projeto Capacitar se ilustra em depoimentos como a da empresária Kelli Rosso, da Simões Indústria e Comércio de Confecções. “A consultoria nos deu uma visão melhor de negócio e nos mostrou que podemos profissionalizar a gestão. Hoje nós colocamos o corte na produção e sabemos o momento exato que vai sair, por aprendermos a controlar o tempo e ter a visão de como facilitar a produção sem perder a qualidade”, conta.

“O que estamos vendo é a importância da gestão sob a cadeia de prestação de serviços e os resultados obtidos mostram que quando começamos a fazer essa gestão indireta, tem resultado”, explica o CEO da La Moda, Giancarlo Luchetta Bedin. Ele explica que o desafio no passado era construir uma marca de desejo, o que já foi alcançado, mas agora há um aumento da complexidade do negócio e do mercado de moda. Além de fazer, com atitude e compromisso com a entrega, o desafio é controlar o como fazer. “Em 2018, vamos avançar ainda mais nesse aspecto e a empresa que queremos no futuro precisa ter o completo controle sobre o nível de entrega dos nossos parceiros”, avalia o CEO.

    Voltar

    Compartilhe

    receba nossas novidades

    Newsletter

    Seu e-mail foi cadastrado
    com sucesso.